Bem Vindo ao site de receitas da Branca.

Em primeiro lugar, obrigado por você ter acessado meu site. Espero que aqui, você encontre boas receitas, informações, dicas, truques e muito mais sobre gastronomia e a arte de comer e beber bem. Divirta-se e volte sempre pois estaremos constantemente atualizando o site. Se você tiver sugestões, críticas e receitas que queira compartilhar conosco, use e abuse do nosso email: branca@receitasdabranca.com.br

Um abraço carinhoso,
Branca Sister
 
Especial do mês
 

- Comida Kasher ou Comida Judaica ?

Chamada:

Comida judaica é a mesma coisa que comida kasher? Saiba mais ...

Matéria:

COMIDA KASHER OU COMIDA JUDAICA?

Cada vez mais se fala em comida kasher na gastronomia de uma forma geral. Grandes chefs no mundo todo só usam sal kasher para executarem suas receitas.
Mas existe uma pequena confusão quanto ao termo kasher e ao termo judaico, no que se refere a gastronomia. Quando comemos um gefilte fish (bolinho de peixe) ou um beigale, nem sempre estamos comendo uma comida kasher.
Kasher se refere ao modo como a comida foi manuseada e preparada e comida judaica se refere aos pratos da tradição judaica.
Para que uma comida seja kasher, seus ingredientes tiverem a supervisão de um Rabino na fabricação ou abate (caso de carnes e aves) e seu preparo segue preceitos contidos na Torah, o livro sagrado dos judeus. Entre estes preceitos alguns se destacam:
- não comer carne de porco;
- não comer crustáceos;
- não cozinhar carne bovina ou de aves com leite e seus derivados;
- não misturar utensílios usados para cozinhar coisas que contém leite com utensílios que foram utilizados para cozinhar carnes e aves;
- não comer peixes que não contém escamas.
Existem alguns símbolos que identificam os ingredientes e comidas kasher. Os símbolos variam de acordo com a agência autorizada para reconhecer a condição de uma comida ser kasher.

Algumas letras ou expressões que são adicionadas ao lado do símbolo da agência que autentica a kashrut do alimento, indicam a categoria dessa comida. Assim, “Meat” / “M” / “Glatt” são usados para comidas com carne, aves e derivados; “Dairy” / “D” são usados para comidas com laticínios; “Pareve”/ “Parve” / “Parev” são usados para alimentos considerados neutros, que não contém nem derivados de leite nem derivados de carnes.

A comida judaica traduz as tradições das festas, a cultura e a história judaica. Cada festividade tem comidas típicas, como o Honek Laker (bolo de mel) em Rosh Hashaná, o kneidlach em Pessach, os Oznei Aman em Purim e assim por diante. Podemos fazer pratos da tradição judaica sem seguir os preceitos kasher, e nem sempre que preparamos uma receita kasher esta precisa ser uma comida judaica.

 
 
Visite outras matérias
- SAL: SEMPRE UM VILÃO?
- Saladas, saladas e saladas
- BACALHAU
- Comidas verdes
- Alta gastronomia em Rosh Hashaná
- Verão: calor combina com muio líquido
 
 
Página principal
Quem sou
Acompanhamentos
Bolos e tortas
Carnes, aves, peixes
Drinks e sucos
Judaicas
Massas e arroz
Molhos e temperos
Na panela de pressão
Pães e biscoitos
Pudins, pavês e afins
Saladas e antipastos
Salgadinhos e pastas
Sanduiches
Sobremesas Diet
Sopas
Dicas e truques
Especiais do mês
Na mídia
Galeria de fotos
Links
Contato
 
Desenvolvido por: GabrielOliveira
Copyright © 2005 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
As fotos aqui veiculadas, logotipo e marca são de propriedade do site: www.receitasdabranca.com.br.
É vetada a sua reprodução, total ou parcial, sem a expressa autorização da administradora do site.